consolidação de carga na origem

Consolidação de carga na origem

O que quase ninguém sabe (e não quer que você saiba)

Importador, você sabia que é possível trazer mais de uma importação em um único processo? Pois é….poucos sabem. E mesmo aqueles que sabem dessas ferramentas logísticas, não entendem os fundamentos que estão por trás dela.

Entender as opções logísticas estratégicas que o importador tem tanto na origem quanto no destino pode ser a diferença entre a viabilidade ou não de projetos de importação.

Quando pensamos em importar, logo vem à nossa cabeça os custos que teremos que enfrentar ao longo da cadeia logística internacional. E falando em custos….

Custos na Importação

Custos da importação

Um dos grandes dificultadores para os importadores brasileiros é o custo de importação que podem ser divididos em custos fixos e variáveis. Os custos fixos são aqueles que não variam de acordo com a quantidade embarcada. Já o custo variável dependerá da quantidade embarcada.

Como custo fixo podemos citar:

  • Despachante aduaneiro;
  • Taxas bancárias;
  • Taxas do frete;
  • Siscomex.

Qualquer planejamento logístico, deve levar em consideração esses custos para poder chegar à quantidade que traga o melhor embarque em termo de custo e benefício, o que chamamos de lote econômico.

Outra opção pouco utilizada é a unificação de uma ou mais cargas de diferentes exportadores para um mesmo importador. Pela legislação da Receita Federal é possível realizar essa operação, sendo necessária apenas uma adequação documental da fatura comercial, packing list e do conhecimento de transporte.

Consolidação de carga na origem

Conceito

Consolidação de carga na origem é uma opção logística interessante para embarques de produtos ou fornecedores diversos em um mesmo país de origem. Através do compartilhamento da mesma unidade de transporte, o importador além da maior segurança no embarque também poderá obter um menor custo no processo de importação.

Operação

A operação padrão para os embarques de importação normalmente considera cada exportação (fornecedor) uma importação. Sendo assim, temos a seguinte situação:

consolidação de carga na origem fluxo

Como desvantagem neste tipo de operação temos os custos fixos envolvidos em um embarque de importação que são cobrados por cada embarque. Como exemplo, podemos citar o despacho aduaneiro, emissão de BL e taxa do Siscomex.

Além disto, os armazéns localizados nos portos brasileiros têm praticado valores mínimos para os embarques fracionados de importação, fazendo com que este custo impacte diretamente o valor total da importação.

Neste sentido, a opção logística de consolidação de carga na origem passa a ser uma solução logística para as empresas importadoras que possuam em um mesmo país de origem dois ou mais fornecedores. A operação dar-se-á da seguinte maneira.

consolidação de carga na origem fluxo 2

Logicamente que há necessidade de serem levados em consideração os diferentes prazos de produção dos fornecedores, assim como a localização geográfica e complexidade da coordenação de várias cargas na origem.

A consolidação de carga permite que a importação ocorra através de um único processo (documento único de importação) trazendo desta maneira a redução de custos fixos como despacho aduaneiro e taxas portuárias.

Documentação de embarque

A documentação de importação poderá vir de algumas formas:

  1. Um dos fornecedores é o exportador principal e esse lança as informações dos demais fornecedores em seus documentos de exportação;
  2. Trading é o exportador que emite os documentos de embarque com todos os produtos de cada um dos fornecedores;
  3. Agente de carga como exportador, consolidando as informações de todas as cargas no BL, na Fatura Comercial e Packing List.

Benefícios da consolidação de carga na origem

A consolidação de carga na origem traz muitos benefícios ao importador brasileiro. Por ser uma ferramenta estratégica, tem que ser acompanhado pelos tomadores da decisão da importação. Podemos destacar como principais benefícios da consolidação de carga na origem:

  1. Diminuição de custos – uma única importação (diluição custos fixos);
  2. Segurança – verificação quantidade e qualidade (segurança) dos lotes de todos os fornecedores;
  3. Coordenação de ponta a ponta – acompanhamento do agente logístico em todas as etapas da importação;
  4. Documentação de importação – conferência detalhada dos documentos de embarque;
  5. Uso otimizado da logística – otimização de espaço no container e melhor acondicionamento das cargas;
  6. Planejamento de compras – possibilidade de melhorar o fluxo do pedido de importação quando há maior frequência de embarques da origem.

Pontos importantes

Para que o importador não seja surpreendido ao longo do processo, destacamos abaixo alguns pontos importantes de planejamento e controle.

  1. Embarque somente com agentes de cargas que conheçam a operação;
  2. Faça uma análise documental criteriosa para ter certeza que todas as cargas estão sendo mencionadas nos documentos de embarque;
  3. Tenha certeza que a marcação de volume esteja correto, já que serão somados todos os volumes dos exportadores;
  4. Pesa ao agente de carga que pese as cargas na origem, para que não haja dificuldade na chegada aqui no Brasil;
  5. Tome cuidado ao trocar informações entre fornecedores de produtos concorrentes.

Case de sucesso

Recentemente tivemos um desafio em um de nossos clientes. O cenário era o seguinte: vários fornecedores de peças de reposição – como motores, ventilação e movimentação – espalhados pela Europa com pequenos embarques (menos de EUR 3.000,00). Como são projetos específicos, precisávamos trazer os produtos específicos. Com isso, foi feito um trabalho junto aos fornecedores e parceiros logísticos na Europa para que fosse viável em termos de custo e prazo a importação dessas peças de reposição.

Inicialmente foram projetados os cenários de importação separadamente de cada fornecedor. Em seguida, foi levantado o custo de movimentação das partes entre os fornecedores para termos a clara noção sobre quais processos poderiam ser juntados, ou seja, quais fornecedores poderíamos consolidar e quais não nos dariam essa oportunidade em termos de custo de movimentação na origem.

Finalmente, após identificarmos os pontos de consolidação, projetamos cenários de consolidação que nos permitiram casar melhor os produtos e os prazos de disponibilidade de cada fornecedor.

Hoje, temos saídas periódicas desses embarques, mantendo um fluxo contínuo de comunicação com os fornecedores para que possamos buscar equilibrar os custos e prazos e assim atender de forma eficiente e eficaz nossos clientes.

Questione, aja e conquiste.

Quer saber mais sobre importação ou de que forma podemos te ajudar? Entre em contato conosco.

Você quer começar a importar?

Clique no botão abaixo  e preencha os seus dados que os nossos especialistas te darão um consultoria de importação gratuita.


Consultoria Gratuita

Receba nossa Newsletter

Envie os seus dados e receba conteúdos sobre importação e exportação.